O desenvolvimento do Brasil começa na Indústria da Alimentação

continuação...

Desde 2009, o consumidor brasileiro consome menos 230 mil toneladas por ano de gordura trans, ingrediente apontado como causador de doenças do coração. A substituição dessa matéria-prima pela Indústria da Alimentação somente foi viabilizada por meio de muita pesquisa – área que recebeu investimento de R$ 6,7 bilhões, em 2008, conforme dados da última Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Inovação no setor há bastante tempo é sinônimo de compromisso com o bem estar da população. Nesse espírito, esforços continuam sendo dirigidos à área de Pesquisa & Desenvolvimento para solidificar essa plataforma de sustentabilidade, que tem como próxima meta a redução gradual do sódio nos alimentos, conforme acordo firmado com o Ministério da Saúde.